Veja a data, o horário, como assistir, o histórico do confronto e como as duas seleções chegaram até aqui.

Sábado, às 21:00, no Maracanã, Brasil e Argentina disputam o título da 47ª edição do torneio. Esse jogaço você pode acompanhar pela TV aberta no canal SBT e, também, pela TV fechada na ESPN Brasil.

A Argentina vai em busca de seu décimo quinto título de Copa América. Caso a conquista se concretize, ela empatará com o Uruguai como maiores campeões do torneio. O Brasil, por sua vez, vai em busca do deca-campeonato.

Uma marca importante é: o Brasil venceu todas as edições de Copa América disputadas aqui, em território nacional (1919, 1922, 1949, 1989 e 2019). Para manter essa invencibilidade, basta derrotar a argentina, no sábado.

Campanha brasileira

Fase de grupos:

  • Brasil 3 x 0 Venezuela. Gols: Marquinhos, Neymar e Gabigol.
  • Brasil 4 x 0 Peru. Gols: Alex Sandro, Neymar, E. Ribeiro e Richarlison.
  • Brasil 2 x 1 Colômbia. Gols: Luiz Diaz, Roberto Firmino e Casemiro.
  • Brasil 1 x 1 Equador. Gols: E. Militão e Mena

Quartas de final:

  • Brasil 1 x 0 Chile. Gol: L. Paquetá.

Semi-final:

  • Brasil 1x 0 Peru. Gol: L. Paquetá.
Paquetá e Neymar comemorando o gol da semi-final. Foto: André Durão.

Campanha argentina

Fase de grupos:

  • Argentina 1 x 1 Chile. Gols: Messi e A. Sanchez.
  • Argentina 1 x 0 Uruguai. Gol: Guido Rodriguez.
  • Argentina 1 x 0 Paraguai. Gol: Papu Gómez.
  • Argentina 4 x 1 Bolívia. Gols: Papu Gómez, Messi (2x), L. Martínez e E. Saavedra.

Quartas de final:

  • Argentina 3 x 0 Equador. Gols: Messi, L. Martínez e R. de Paul.

Semi-final:

  • Argentina 1 x 1 Colômbia. Gols: L. Martínez e L. Diaz. Vitória por 3 a 2 nos pênaltis.
Messi e L. Martínez comemorando o gol da semi-final. Foto: Gustavo Pagano.

Histórico do confronto.

O último duelo entre as duas seleções ocorreu em novembro de 2019. Foi um amistoso no qual a Argentina saiu vitoriosa por 1 a 0. Entretanto, no mesmo ano, elas já haviam se enfrentado pela semi-final da Copa América e, na ocasião, quem venceu, por 2 a 0, e avançou para a final foi o Brasil.

Gabriel Jesus, que estará de fora da decisão após sofrer punição da Conmebol, comemorando seu gol na semi-final da última Copa América onde Brasil e Argentina se enfrentaram. Foto: Pedro Martins.

Assim como em todo clássico, na hora de traçar o histórico do confronto, as diferentes entidades envolvidas divergem na contagem de algumas partidas. Nesse caso não é diferente, CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e AFA (Associação de Futebol Argentina) consideram algumas partidas a mais de acordo com seus interesses. Seguindo a contagem da FIFA, Brasil e Argentina se enfrentaram 110 vezes. São 44 vitórias brasileiras, 41, argentinas, além de 25 empates.

Em Copas Américas, as duas seleções já fizeram 3 finais. Em 1937 a argentina venceu por 2 a 0. Em 2004, após um empate em 2 a 2 no tempo normal, o Brasil venceu nos pênaltis. Por último, em 2007, o Brasil levou a melhor novamente e venceu por 3 a 0.

O Neymar pediu

Após a classificação do Brasil à final, Neymar, declarou, em entrevista, sua vontade de enfrentar a Argentina na final:

” Eu quero a Argentina, estou torcendo para a Argentina, tenho amigos ali, aí na final vai dar Brasil.”

Um duelo à parte, será Messi contra Neymar. Essa será a segunda vez que os dois se enfrentarão em uma final. A primeira foi em 2011, antes mesmo deles jogarem juntos, no mundial de clubes onde o Barcelona de Messi bateu o Santos de Neymar.

Nas duas semi-finais, Neymar, por meio do choro, e Messi, por meio da intensa vibração na disputa de pênaltis, demonstraram a importância desse título. O argentino busca seu primeiro com a camisa da seleção enquanto o brasileiro está atrás de seu segundo, já que foi campeão da Copa das Confederações em 2013.